Portal de eventos do IFSULDEMINAS, 11ª Jornada Científica e Tecnológica e 8º Simpósio da Pós-Graduação do IFSULDEMINAS

Tamanho da fonte: 
ESTIMATIVA DE PERDAS DE SOLO POR EROSÃO HÍDRICA EM DIFERENTES CULTIVOS DO SOLO
Fernanda Almeida Bócoli, Guilherme Henrique Expedito Lense, Walbert Junior Reis dos Santos

Última alteração: 2019-09-24

Resumo


A erosão hídrica é um dos principais processos de degradação dos solos, gerando diversos impactos ambientais. Em áreas com diferentes usos de solo, é difícil e oneroso determinar por meio de experimentos de campo a intensidade da erosão hídrica e a contribuição de cada cultivo na perda total de solo. Nesse contexto, uma alternativa é a utilização de modelos de previsão de erosão, que são ferramentas de fácil aplicação. O objetivo do trabalho foi estimar a erosão hídrica utilizando a Equação Universal de Perda de Solo Revisada (RUSLE) em uma área com diferentes classes de uso de solo. A área do estudo correspondente ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais (IFSULDEMINAS) Campus Muzambinho. A estimativa de perda de solo foi calculada conforme a RUSLE utilizando o software ArcGIS 10.3. O IFSULDEMINAS apresentou uma perda de solo total de 288,66 Mg ano-1 com maiores índices de perdas nas áreas de maior declividade e com solo exposto. Os cultivos anuais e áreas com oleícolas apresentaram as maiores taxas de perdas de solo dentre os cultivos agrícolas, o que se deve ao plantio convencional com revolvimento de solo.

 


Texto completo: PDF