Portal de eventos do IFSULDEMINAS, 11ª Jornada Científica e Tecnológica e 8º Simpósio da Pós-Graduação do IFSULDEMINAS

Tamanho da fonte: 
FOSSILIZAÇÃO: UMA PROPOSTA PARA O ENSINO DE ROCHAS E FÓSSEIS
Gilberto da Silva Lemos, Daniel William Paulino Abreu, Edmilson Acácio Barreiro, Flávio Oliveira dos Santos, Nathalia Sette da Silva, Raíssa Bayker Vieira Silva, Luciana de Abreu Nascimento, Alexandra Manoela de Oliveira Cruz, Carolina Mariane Moreira, Clair Aparecida Poiatti

Última alteração: 2019-08-27

Resumo


Abordaremos, neste trabalho, uma estratégia de ensino interdisciplinar sobre fossilização, realizada por discentes do PIBID para alunos do 6º ano de uma escola da rede pública. A proposta foi dividida em dois dias e três etapas: a primeira consistiu em uma aula expositiva dialogada sobre os tipos de fósseis (somatofósseis e icnofósseis) e como ocorrem as fossilizações (Incrustação, Restos, Mumificação, Impressão, Mineralização, entre outros). Complementarmente, foram abordados tipos de rochas (Ígneas Intrusivas e Extrusivas, Rochas Sedimentares e Metamórficas) e a importância deste estudo para o avanço científico. A segunda etapa da atividade realizada pelos alunos foi uma aula prática, bastante dinâmica, visando a representação de um dos processos de fossilização com materiais de baixo custo (gesso, areia e pratos descartáveis) e a impressão da mão dos próprios educandos. A terceira etapa, consistiu no desenformar dos moldes de gesso e entrega dos trabalhos (“fósseis”) a cada aluno, seguida de conversas que evidenciaram que o processo de fossilização fora compreendido pela turma.



Texto completo: PDF