Portal de eventos do IFSULDEMINAS, 11ª Jornada Científica e Tecnológica e 8º Simpósio da Pós-Graduação do IFSULDEMINAS

Tamanho da fonte: 
É (IM)POSSÍVEL TERMOS UMA INSTITUIÇÃO TOTALMENTE INCLUSIVA?
Reginaldo Aparecido Silva

Última alteração: 2019-09-12

Resumo


O presente trabalho teve como finalidade analisar, discutir e esclarecer a (im)possibilidade de haver uma instituição realmente inclusiva. Diante a demanda emergente da educação inclusiva, o rompimento de paradigmas abre a oportunidade de substituir um sistema excludente a um sistema mais humano de tratamento e respeito às diversidades. Em formato qualitativo, foram realizadas entrevistas integralmente em Língua brasileira de sinais (Libras) com sete participantes surdos egressos e universitários em formação, por meio de um roteiro de entrevista de dez questões, submetido e aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisas. A análise das discussões, das expressões dos participantes registradas no roteiro, nos revelou pelas suas ações, a (in)visível exclusão da comunidade acadêmica, no tratamento (in)direto com os alunos surdos. Conclui-se que: é sabido que as barreiras, os obstáculos a uma educação inclusiva é fato. Para que sejam vencidos tais dificultadores, além das significativas adequações necessárias, estas impulsionadas pelas politicas públicas vigentes, há ainda outra barreira que deve prioritariamente, dentre as demais, ser vencida para que se construa uma instituição realmente inclusiva: a atitudinal.


Texto completo: PDF